CAMPANHA DE FRATERNIDADE “AUTA DE SOUZA”auta_souza_logo

1- O QUE É A CAMPANHA DE FRATERNIDADE “AUTA DE SOUZA”?
A Campanha de Fraternidade Auta de Souza destina-se a levar a sublimidade dos ensinos de Jesus, através da Doutrina Espírita, aos lares visitados, sob a forma de uma palavra de conforto e bom ânimo, de um ensinamento ou de amorosa vibração, através de mensagens transmitidas pelos espíritos responsáveis, pela evangelização do Brasil, e bem assim, angariar donativos para as famílias, carentes de auxílio em alimentos, roupas, agasalhos, etc.

2 – COMO SURGIU?
A vista das dificuldades que os irmãos do Departamento enfrentavam, para dar assistência às poucas famílias que são assistidas, e sentindo também a necessidade de ser abertas novas frentes de trabalho, uma vez que os espíritas continuavam transmitindo suas mensagens em ambientes fechados ao invés de levá-las ao encontro das almas necessitadas e ávidas de novos conhecimentos, e bem assim dar a oportunidade aos lares de prestarem à caridade, dando-nos a sua sobra, é que conclui que só uma campanha de rua viria suprir aquelas necessidades...”.

3 – QUAIS AS SUAS FINALIDADES?
a) Divulgação da Doutrina Espírita nos lares (de porta em porta), pela distribuição de mensagens avulsas, contendo temas de esclarecimento e consolo;
b) Arrecadar donativos para auxiliar as famílias necessitadas, assistidas pelo Centro Espírita Adolfo Bezerra de Menezes;
c) Beneficiar os doadores e receptores encarnados e ainda os desencarnados, pelo exercício da humildade e paciência;
d) Aproveitar, também, o grande potencial da criança, ensinado-a a ser caravaneiro do futuro.

4 – COMO FUNCIONA?
A Campanha de Fraternidade “Auta de Souza” desenvolve-se em três fases distintas:
1º - Preparação dos caravaneiros, na sede da entidade (Centro Espírita Adolfo Bezerra de Menezes) onde é realizado estudo evangélico e esclarecimento prévio da atividade do dia.
2º - Realização da campanha nas ruas (lares), onde são distribuídas, no penúltimo domingo as mensagens, carta explicativa e os saquinhos, com o retorno no último domingo, para entrega de nova mensagem e recolhimento dos donativos pelos caravaneiros.
3º - Avaliação da atividade na sede, em seguida das visitas domiciliares, para anotações, avaliações e prece final.

auta_de_souza